Menu

06 abril 2016

O Anseio da Espera.

 Esperar para que amenize alguma dor, sensação, emoção, entre vários outros sentimentos. Esperar para que algum momento passe, que o constrangimento vá embora ou  mais uma vez um amor mal resolvido. Eis que passamos praticamente a vida inteira nessa tal espera que parece nunca chegar ao fim, e nos vemos presos nessa rotina, aproveitando breves momentos felizes e vários extensos pensando sobre que rumo tomar na própria vida. O que de fato é um erro.   A vida que aos nossos olhos parece durar eternamente, talvez seja a primeira coisa que devemos repensar para tirar esse ciclo viciante de nós. Arriscar ultrapassar obstáculos, agarrar-nos a novas oportunidades, tentar esquecer o que nos sufoca e nos faz pesar a cabeça no travesseiro antes de dormir.  Aliás, a vida é tão curta, meu bem! Aspiremos esse ar puro da alegria e da paz, que nos faz transbordar de felicidade apenas por aceitar a tranquilidade em nosso ser.  Tentar ver a felicidade em pequenos momentos, em pessoas que fazem parte da nossa rotina, e que nos arranca um sorriso apenas por estar presente (Já que é algo tão clichê de se dizer, por que não tentar praticar tais frases pelo menos uma única vez?!). Para, quem sabe, finalmente, terminar com esse desejo diversas vezes incontrolável de esperar por certos atos, momentos, e sentimentos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário